SLEEP EVENT- LONDON, UK

Adquirindo inspiração da abundante arte, moda, cinematografia e música da década de 60, da época de novas ideias e do fenómeno juvenil que evidenciou o novo e o moderno, do tempo do optimismo e do hedonismo, da revolução contra as normas da sociedade que originou uma revolução cultural explosiva.
A proposta apresentada reconsiderou os aspectos de um quarto típico de hotel, resultando numa experiência revolucionária para o hóspede, através da interpretação contemporânea dos anos 60 que questionou os valores políticos, sociais e morais desse tempo.
O espaço é dividido diagonalmente, criando 2 volumes principais assimétricos, que por sua vez são sub-divididos através de séries de planos verticais e horizontais intersectados e que assim moldam a funcionalidade do quarto de hotel. O pormenor destes planos é intencionalmente de linhas simples assegurando que o espaço é amplo e prático, sendo evidenciado com a escolha de materiais. O resultado é uma série de formas claras, conectadas por ante-áreas e cada uma sendo facilmente reconhecida pela sua identidade e função. Apesar do layout ter sido projectado para o hóspede não ter restrições, certas zonas são evidenciadas pelo uso de cor que evoca os média e simbolismo dos anos 60, tal como, a imagem do caleidoscópio sobredimensionado e da arte psicadélica oriunda da experiência da consciência alterada, tendo sido modernizada em arte algorítmica.
O quarto é complementado com as novas tecnologias, estando completamente integradas com a parte operacional do hotel e podendo ser controladas pelo hóspede através de um smart phone, excedendo as suas expectativas.

projecto realizado na capacidade de director @ infinite architects